Vida Saudável

Uma vida saudável começa com incentivo e as dicas certas para fazer o seu dia-a-dia mais simples!


jul/2016 - Glico 2

Diabéticos devem ficar mais alertas ao H1N1

Como a maioria das pessoas já sabe: chegamos em um período no Brasil em que o tempo se torna mais seco, frio e com poucas chuvas. E essa é a porta aberta para que doenças respiratórias se instalem nas pessoas. Entre elas, encontramos: gripes, resfriados e a H1N1, também conhecida como Gripe A ou Gripe suína.

O fato é que esse ano, os casos de pessoas infectadas por H1N1, inclusive o número de óbitos, aumentaram bastante em relação ao ano passado. O alerta é para todos, mas principalmente para quem sofre de doenças crônicas, como o diabetes (tipo 1 ou tipo 2).¹ Isso porque os diabéticos têm mais facilidade em apresentar redução na defesa do organismo, o que abre espaço para o surgimento de várias infecções, inclusive a Gripe A.

Pessoas com diabetes que contraírem o vírus H1N1, podem ter elevação do nível de açúcar no sangue. Por isso, mais do que nunca, é importantíssimo fazer a monitoração da glicemia várias vezes ao dia, além de procurar o seu médico para que ele o acompanhe mais de perto.

Sintomas mais frequentes

Portanto, é necessário ficar de olho e esperto com você e com todos ao seu redor. Caso esteja com febre, tosse, garganta inflamada, dores no corpo, dor de cabeça, calafrios e fadiga, vá rapidamente até um Pronto Socorro para que seja feito todos os exames indicados.

Além disso, você também pode seguir algumas regrinhas como forma de prevenção. São elas:

  • Cubra com lenço de papel a boca e o nariz ao tossir e espirrar e, posteriormente, descarte o lenço;²
  • Lave, frequentemente, as mãos com água e sabão e, logo em seguida, aplique álcool em gel;²
  • Tente não ter contato com pessoas que estejam com suspeita da doença;²
  • Evite ambientes fechados;²
  • Mantenha sua casa sempre bem ventilada;²
  • Tome a vacina.²