Vida Saudável

Uma vida saudável começa com incentivo e as dicas certas para fazer o seu dia-a-dia mais simples!


ago/2016 - Glico 2

Dicas para uma boa alimentação

“Comer direito, faz você crescer forte e saudável”. Quando criança, com certeza, você deve ter ouvido essa frase da sua mãe, pai, avó ou algum outro parente. E eles estavam certíssimos. Seguir uma rotina alimentar baseada em ótimos nutrientes deixa o nosso organismo com munição suficiente para lutar contra qualquer agressor, inclusive o desenvolvimento do diabetes tipo 2.

Para que o seu mundo seja ainda mais saudável, apresentamos as sugestões do American Diabetes Association, do Departamento de Nutrição e Metabologia da Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD) e da Sociedade Brasileira de Endrocrinologia e Metabologia, que listaram as regras e alguns alimentos que devem bater carteirinha no seu cardápio. Corra até o supermercado e recheie a sua despensa com esses nutrientes.¹²³

1. Inclua mais refeições ao longo do seu dia. Siga a boa e velha instrução dos nutricionistas: coma de 3 em 3 horas. Dessa maneira, o corpo estará sempre recebendo nutrientes (saudáveis) e a quantidade de alimentos ingeridos diminui ao longo do dia.¹

2. Coma mais vegetais. Além da quantidade de vitaminas e outros nutrientes encontrados nesses alimentos, eles também apresentam boa carga de fibras, que ajuda no controle glicêmico do sangue.²
Na lista, acrescente: couve, quiabo, nabo, cebola, chuchu, berinjela, rúcula, brócolis, espinafre, acelga, e outros.

3. Escolha os grãos integrais. Também são ricos em fibras e são considerados carboidratos de baixo índice glicêmico. Ou seja, o açúcar vindo desses alimentos chega em menor velocidade no organismo, evitando os picos de glicemia.²
Na lista, acrescente: Aveia, farelo de trigo, gergelim, semente de linhaça, chia, centeio.

4. Consuma frutas, mas com moderação. Aqui devemos ter um pequeno cuidado. Afinal de contas, as frutas apresentam a chamada frutose (açúcar) que, se consumida de forma exagerada, pode causar problemas aos portadores ou não do diabetes. Na contramão, as frutas são riquíssimas em vitaminas, nutrientes importantes para o nosso organismo. Por isso, é preciso moderação. Nunca ultrapasse as três porções ao dia. E tente sempre variar os tipos de frutas.²
Na lista, acrescente: mamão, maçã, melão, laranja, melancia, pera, mexerica, ameixa etc.

5. Passe a consumir carnes brancas e vermelhas magras. Elas apresentam menos gorduras e se mantém ricas em ferro e proteínas, que são importantíssimas para manter a construção dos músculos.²

Mudanças na hora de cozinhar

Também é interessante ficar de olho na hora de preparar as receitas.

* Use sempre temperos naturais: sal, limão, vinagre, cebola, alho, cheiro-verde à vontade.³

* No caso do óleo, observe a quantidade de 01 colher de café para cada prato e use somente os de origem vegetal (milho, soja, arroz, girassol).³

* Use frigideira antiaderente no preparo da carne. Isso acaba com as chances de usar óleo. Outra opção é preparar a carne cozida, grelhada ou assada.³

* Sopas são permitidas desde que feitas com as quantidades de carne, legumes e verduras indicadas no almoço e jantar.³

* Gelatina diet pode entrar no cardápio e na quantidade que você quiser.³

Siga à risca essas dicas, e não se esqueça: consulte o seu médico periodicamente e realize os exames de sangue determinado por ele.