Vida Saudável

Uma vida saudável começa com incentivo e as dicas certas para fazer o seu dia-a-dia mais simples!


set/2016 - Glico 2

Mulheres diabéticas e seus riscos

Você já viu aqui que os homens têm mais chances de desenvolver diabetes tipo 2 e que as mulheres, quando diabéticas, correm riscos maiores que eles de apresentar outros problemas. Agora, vamos listar duas doenças que podem acometer mulheres diabéticas e quais as chances desses problemas aparecerem em comparação aos homens.

Doenças cardíacas

Apesar do sexo masculino ser o mais propenso a ataques do coração e outros problemas relacionados ao órgão, o risco de ter alguma doença cardíaca é seis vezes maior para mulheres com diabetes do que aquelas sem a doença. Nos homens, o diabetes aumenta o risco de doenças cardíacas duas a três vezes.¹

Os dados, apresentados em 2007 no Annals of Internal Medicine e divulgado no Diabetes Forecast da American Diabetes Association, também mostram que as mulheres com diabetes são mais propensas do que os homens com a doença de apresentar mau controle da glicemia, obesidade e ter pressão arterial alta.

O que agrava a situação delas é que doenças cardíacas são mais mortais em mulheres com diabetes do que em homens com a doença. Um estudo publicado no European Heart Journal descobriu que a associação entre diabetes e morte por insuficiência cardíaca foi mais forte nelas do que neles.

Doença renal

O rim também é outro órgão que sofre com o diabetes tipo 2 mal controlado. No caso das mulheres que, normalmente, só apresentam propensão a sofrer de doenças renais após a menopausa, quando são diabéticas, podem desenvolver problemas nos rins, independente da idade e na mesma proporção que os homens.

Muito perigoso, não é mesmo? Então, mantenha a sua glicemia sempre controlada com atividades físicas, alimentação adequada e medicação (quando necessário). E visite seu médico regularmente.